"A Elle Brasil destruiu minha vida", relato do estilista que perdeu tudo após denuncia de racismo

O combate ao racismo contra uma revista de moda me colocou em situação rua, me fez perder cerca de dois anos de trabalho e tudo tão somente por melindre de Susana Barbosa, diretora chefe da Revista Elle Brasil.


11 de dezembro de 2017

A revista Elle lança sua edição de Dezembro e nela um editorial em homenagem ao fotografo e pintor Kerry James Marshall, com apenas modelos retintos e equipe técnica TODA BRANCA. Como se esse erro não fosse o suficiente para questionarmos a elegibilidade do conteúdo, adicionando a ficha técnica branca, o editorial teve uma página dupla com com uma foto onde a modelo Nerida Cocamaro, vestia look completo Coven, que naquele ano tinha sido considera racista por todas as plataformas de moda, até mesmo a Elle Brasil.


Antes da produção do editorial eles pediram ajuda a minha marca para encontrar personagens reais para fotografar o editorial, tanto que 60% do casting do editorial foram indicações minhas, um projeto nunca pago. Neste dia a revista publicou uma parte do editorial que apresentava o erro, neste momento acionei o stylist responsavel que concordou comigo e afirmou em conversas de whatsapp que a única pessoa que não concordava com o pedido de desculpas era Susana Barbosa.


Dia 12 de Dezembro


depois de ser sumariamente ignorado, levei as questões para as redes sociais, quando comecaram as movimentações para que a Revista Elle se desculpasse pelo erro. Nesse momento chegamos a levantar a hashtag com mais de 3 mil comentários e neste momento pra frente eu comecei a sofrer assedio moral e coação pela editora de moda na época Chantal Sordi, que me chamava de "preguiçoso", "folgado" e até soltou a celebre " RACISMO É O CARALHO"! Numa tentativa frustrada de me silenciar.



Além de ser coagido em minhas contas pessoas elas começaram um "linchamento online" na tentativa de invalidar toda a questão como no print abaixo:




Dia 13 de Dezembro


A hashtag toma uma proporção muito maior e começa a pipocar bastante artista para ajudar e finalmente a revista pede desculpas pelo ocorrido e dai imaginanariamos que o problema estava resolvido, estavamos sanados, porem uma semana depois de tudo isso, André Hidalgo, diretor criativo responsavel pela Casa de Criadores foi até minha casa durante a prova de roupa de um artista onde tinhamos eu duas assistentes e um stylist, onde ele falou abertamente que SUSANA BARBOSA PEDIU UM UMA REUNIÃO DE FIM DE ANO QUE EU NÃO PARTICIPASSE PELA VERGONHA QUE EU CAUSEI NELA. Ele usou essas palavras para descrever a conversa entre os dois sobre minha permanencia na Casa de Criadores. Neste encontro, André Hidalgo pediu que eu não fizesse nada, que ele tentaria resolver junto a Susana Barbosa e eu voltaria a semana de moda que eu ficasse tranquilo mas não poderia postar nada sobre.



Fevereiro

Aconteceu um café da manhã em um dos patrocinadores do projeto da Casa de criadores e eu não fui avisado, quando fui verificar o ocorrido, tive a certeza qu tinha sido excluido do grupo do facebook, dois meses depois e a duas semanas do lançamento da Semana de Moda. Neste momento, já havia investido tudo que eu tinha, pois este era meu terceiro desfile, meu primeiro ano de marca e não só a minha marca mas as demais marcas de moda viviam de Desfiles. Nem todo mundo tinha loja, nem todo mundo tem familia rica e mesmo assim estamos criando! A Equipe da Casa de Criadores e a Elle Brasil, aguardaram eu gastar meus ultimos centavos, até que eu não tivesse mais o que fazer e descobrisse que eu não participaria pelos outros e nunca pela instituição que tem mais de 1M de views nos meus desfiles e nunca me pagou 1 real. André Hidalgo é nojento (mindnote).



Abril

Apos a minha saída do Line Up da Casa de Criadores, Isaac Silva me convidou para uma fala no inicio de seu desfile que até hoje é censurada no video desfile da Marca para o verão 2018. Em uma performance onde exigia que todos levantassem, o mercado de moda entendeu qual seria a nossa presença dentro deste cenário. Meses anteriores, tinhamos alguns acordos já estabelecidos para a Casa de Criadores durante um ano e meio, contrato que perdi e nunca recebi segunda via. E-mails que nunca recebi e fui retirado sumariamente, em momento nenhum ninguem da Casa de Criadores ou a Revista Elle se importaram com o que ocorreria.


JUNHO

Vivendo de favor na casa de um amigo que recebeu a mãe do nada, tive que sair do único lugar que eu tinha com uma mala nas costas para o sofá do meu padrinho com R$ 400 reais no bolso que acabaram em uma semana e tive que ir para rua.


Não tenho vergonha nenhuma de dizer que todo dinheiro que ganhei eu reinvesti e eu tava começando a ganhar dinheiro, em 2017 eu tinha arrecadado apenas 12 mil reais. E destes mais da maioria foi investindo em pessoas pretas e não guardei nada e no final confiei que poderia participar pelo menos mais uma vez de algo que curtia fazer e me sustentava, quase que o ano todo.


To aqui abrindo meu coração para mostrar que eu sofri e tive minha vida na linha só porque a Susana Barbosa quis me dar uma lição. Mijei em garrafa pq tive de dormir em abrigo onde não tinha nem banheiro. Tive que escovar os dentes em um balde de lavar roupa. Tive que dormir no chão. Tive depressão e estou finalmente me curando e ver essa mulher inescrupulosa gerenciando um espaço documental tão potente, me faz questionar como devemos lutar contrao racismo no Brasil.

Hoje meu medo é voltar pra rua como já estive pois tenho a certeza que se ela manter o poder publico e politico dela ela vai fazer de tudo pra me destruir novamente e eu não quero morrer na rua de fome pelo sadismo de uma pessoa que nunca soube o que é a realidade.


Susana Barbosa é uma pessoa com histórico predatório, onde regras como não usar unhas longas, roupas justas e até humilhação pública de estágiarias fazem parte de alguns dos relatos que recebi. Ela não tem direito de ser chefia, ela precisa de mais conhecimento sobre as responsabilidades do psicossocial.


Se você quer que o racismo acabe, comece por aqui!

DENUNCIE!

SUSANA BARBOSA É RACISTA! ELA É FASCISTA!





0 visualização
  • Branca ícone do YouTube
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle